A equipe da Select Sires do Brasil (SSB) viajou para a central Select Sires INC (SSI) em Ohio/EUA, no mês de abril.  Na ocasião, os gerentes técnicos Éverson Nunes e Felipe Escobar, o representante da América Latina, Jorge Jará, juntamente com outros membros da equipe da SSB, Jose Henrique, Rafael, Gunther, João Amaral, Francisco, Renato, Ivan, João Laurini, Jose Bicalho, Allan, Nilmar e Jean foram recebidos pelo vice-presidente de marketing da empresa, Lon Peteres.

 

visita 4

 

O primeiro dia de visitas foi de apresentação da central e treinamentos. Davi Thorbahn, presidente e C.E.O, iniciou à visita com uma palestra proferida, onde abordou aspectos gerais da empresa, como o institucional, mercado doméstico, participação de mercado, estratégias e diretrizes a serem tomadas. Em sua abordagem, salientou alguns aspectos como a SSI ser uma cooperativa de propriedade dos produtores, portanto todos os programas são voltados para os produtores, e supervisionados por um comitê eleito pelas nove cooperativas que compõem a SSI. Thorbahn mostrou que segundo dados da NAAB em 2013, a participação de mercado nos Estados Unidos ficou representada da seguinte maneira: #1 Select Sires: 35%; #2 Genex: 23%; #3 ABS Global: 19-20%; #4 Alta Genetics: 15%. Sendo assim, a SSI é a maior companhia do Mercado de I.A, contendo ainda o maior programa de teste de progênie da América do Norte e maior programa de pesquisa em fertilidade. Estes fatores levam a SS manter a liderança em qualidade genética e fertilidade, possuindo os melhores touros em mérito genético e fertilidade.

Não existe melhoramento genético sem reprodução, dessa forma, na Select Sires (SS), existe uma busca incessante por fertilidade. Prova disso é a criação do maior programa particular de pesquisa de Fertilidade, o PFA (Program For Fertility Advancement). Este programa conta com 153 rebanhos e 189.000 vacas participantes nos Estados Unidos. Todo esse esforço coloca a SSI, no mínimo, 10 anos à frente da concorrência. A empresa também possui um Centro de Treinamento, no Estado de Washington, com 15.000 vacas para pesquisas sobre fertilidade (SCR).

 

visita 1

 

Outro ponto de suma importância é o PGA (Programa de Teste de Progênie da Select Sires), principalmente na concentração de esforços para obter maior precisão na escolha dos novos reprodutores. O programa abrange o país como um todo, eliminando possíveis tendências, tendo em vista que o país tem dimensões continentais, diversidades climáticas e de manejo. Atualmente, a SS testa genomicamente mais de 3500 bezerros da raça holandesa no momento do nascimento, selecionando aproximadamente os 270 melhores para participar do teste de progênie. Destes 270, geralmente um número entre 30 e 35 é graduado e entra para a bateria SS. Essa pressão de seleção é fundamental para oferecer aos clientes apenas os melhores touros da raça.

Após a palestra do presidente Davi Thorbahn, a equipe da Select Sires do Brasil assistiu a apresentação de Chuck Sattler (Dairy Sires Development Uptade), responsável pelos programas de desenvolvimento de genética da SS. Ele dissertou sobre a utilização de touros genômicos, a provável mudança de base em dezembro deste ano e sobre o PROGRAMA ART.

Aliás, o programa ART foi um destaque das apresentações. A implantação do programa, que iniciou em 2009, tem como o objetivo de identificar e selecionar novas linhagens dentro da raça Holandesa. Assim, identificou-se indivíduos superiores com o objetivo de obter genética superior e exclusiva, mantendo sempre a vanguarda no melhoramento genético. Um exemplo do sucesso, apresentado do programa ART foi KINGBOY, onde mostra a sequência de excelentes touros no pedigree como: PLANET; BOOKEM; McCUTCHEN e KINGBOY, sendo que este último já esta sendo utilizado como pai de touros dentro do Programa ART.

Após as palestras, o grupo da SSB realizou um tour pela Central, conduzidos por Matt Utt, responsável pela produção na Central. A equipe conheceu todo o processo de coleta, processamento, congelamento, armazenamento e logística. Na ocasião, foi mostrada uma explanação sobre o rigoroso padrão de qualidade na produção de sêmen, incluindo toda a parte patológica e morfológica.

Depois das apresentações, a equipe da SSB visitou propriedades nos Estados de Ohio e Flórida observando o funcionamento de cada fazenda. 

 

visita 2

 

A visita técnica do grupo da Select Sires do Brasil à sede central da Select Sires em Ohio, foi uma grande experiência para todos os presentes que tiveram a oportunidade de conhecer os processos de desenvolvimento e produção, como se lida com o estresse calórico das vacas em um ambiente de alta umidade, muito parecido com alguns ambientes do Brasil, ver o quanto é importante dar conforto às vacas e principalmente nutrição e dieta farta de qualidade. Enfim, ser eficiente na produção de leite. Com certeza esta oportunidade foi de grande valia ao crescimento técnico-comercial da SSB que conheceu as práticas, tecnologias, modelos de gestão adotados, e saiu com o devem cumprido de poder explicar a importância e a superioridade da genética SS para nossos clientes. Como encerramento foi realizado um jantar de confraternização entre a equipe SSI Ohio E SSB.

 

Resumo visita às propriedades:

 

BUTTERCREST FARM JERSEYS – CRÓTON, OHIO.

A propriedade familiar, de Tom e Brenda Cooperrider, é de grande renome como produtor e criador TOP em genética Jersey. Produz leite a mais de 100 anos, ordenhando em torno de 115 animais de alta produção leiteira, com uma média em 305 dias de aproximadamente 9.200Kg (20.300Lbs) de Leite, ou seja, 30,2 Kg/dia, em 2 ordenhas, sem a utilização de BST,com 590Kg (1.300Lbs) de gordura, 6,4% de gordura e 350Kg (770Lbs) de proteína, com 3,8% de proteína e contagem de célula somática inferior a 140.000. No dia da visita, as vacas estavam produzindo 27,7Kg (61 Lbs) de leite/dia. A reprodução está com intervalo de partos médio em torno de 417 dias. Utiliza I.A. e TE. Atualmente trabalha em torno de 70-75% de genética Select Sires. Produz touros para Centrais de Inseminação Artificial. A equipe SSB teve a oportunidade de ver uma filha de VALENTINO, Buttercrest Valentino Sara (VG-86%), na segunda cria, classificada 85 pontos na primeira cria, já contratada como mãe de touros pela Select Sires. Observou-se também um rebanho 100% registrado com animais muito estruturados, com boas pernas e ótimo sistema mamário, sendo muitos animais filhas de ECLIPES-P, VALENTINO e GOLDA. Atualmente vem utilizando no rebanho PLUS, GALVANIZE, TBONE, DIGNITARY, IRWIN, TOPEKA, FORCE, LOUIE, KANOO e RILEY. A propriedade tem 90 hectares próprios e 30 hectares arrendado para plantar foragem. A dieta das vacas é a base de silagem de milho (aproximadamente 19Kg/ vaca/dia), que produz em parceria com o irmão, silagem de aveia (6Kg); Alfafa (2,5kg); Cevada (8,5Kg), milho moído (3,5 Kg) e soja mais minerais (5,5Kg), totalizando aproximadamente 20,5Kg de matéria seca/vaca/dia. A renda da propriedade vem da parte do leite, que recebe $ 29,00 dólares por 100 libras, ou seja, $0,70 de dólar por litro leite produzido.

PROPRIEDADE SPRING HILLS FARM – Big Praine, Ohio.

A propriedade teve início no ano de 1819, criando as raças Holandesa, Jersey e Pardo Suíço, sendo a segunda de menor expressão dentro do rebanho. A Spring Hills Farms possui área de aproximadamente 150ha, produzindo quase a totalidade do alimentação necessária para suprir a necessidade do rebanho. Atualmente, a fazenda esta ordenhando 300 vacas em 2 duas ordenhas diárias com média aproximada de 32L/vaca/dia com 4,2% de Gordura, 3,3% de Proteína e CCS abaixo de 100.000 UFC. A produção média por lactação das vacas holandesas é de 12.260L em 305 dias e das vacas Guersney acima de 9.000L. A fazenda já teve o seu rebanho Jersey e Holandês considerados como o melhor dos Estados Unidos. O foco na propriedade é leite e exposição, onde procuram mostrar a qualidade genética dos seus animais, agregando valor em futuras vendas. Por este motivo, fazem a recria de todas as fêmeas nascidas na fazenda. A propriedade obteve no último ano na raça Guersney, 18 ALL AMERICAN Júnior. O melhor touro já utilizado na fazenda foi 007H06417 O-BEE MANFRED JUSTICE-ET, o qual foi pai de 5 vacas classificadas como Excelentes 92 e 93 pontos. Na propriedade, foram utilizados mais de 20 touros filhos de 007H08081 PLANET e também ARMANI, GW ATWOOD, HALOGEN, BROKAW, ATLANTIC, BRADNICK, GOLDCHIP e GUTHRIE. Até o ano de 2013, a fazenda utilizava até 90% de touros genômicos nas inseminações. A partir deste ano, adotaram a proporção de 60% de touros provados e os outros 40% de touros genômicos. Atualmente as novilhas que estão parindo são filhas de BRAXTON, SHAMROCK, GUTHRIE, ROBUST, COLT-P, DEMPSEY, ATLANTIC, AARON-RED e RUSKY. Tem na Select Sires In o touro jovem DAMASCO.

PROPRIEDADE ANDREAS FARM – SUGARCREEK, OHIO.

A Andreas Farms é uma empresa familiar comandada por Dan & Matt Andreas, desde 2009. São a 6ª geração no comando da propriedade que se iniciou em 1881. Atualmente, Dan é vice-presidente da Select Sires. O rebanho atualmente é composto por 100% de animais da raça Holandesa e estabilizado em aproximadamente de 3.500 cabeças, sendo dividido em 1450 vacas em lactação, 1520 novilhas de reposição e 130 novilhos para corte. A lactação média é de 13.100Kg (28.832lbs) de leite/ 305 dias, média de 42,9Kg de leite/dia/vaca, com 454Kg (1.000lbs) de gordura, 3,45% de gordura e 390Kg (860lbs) de proteína, 3,00% proteína, com 110.000 CCS. São ordenhadas 3 vezes ao dia em uma sala tipo espinha de peixe, com rendimento de aproximadamente 200 vacas por hora. O rebanho fica estabulado 365 dias por ano em sistema Freestall, divididos em 7 lotes de manejo, divididos por produção. A produção de forragem é feita na propriedade, sendo 465ha para produção de milho, 120ha para produção de soja, 100ha para produção de trigo, 150ha para produção de alfafa e 245ha para produção de haygrass. Produz 22.000 toneladas de silagem de milho e 9.500 toneladas de pré-secado. A dieta é balanceada e oferecida de acordo com as exigências nutricionais de cada lote de produção e criação, são aproximadamente 15 dietas diferentes. A reprodução inicia-se aos 13 meses de idade, com 100% de I.A. sendo que as novilhas recebem sêmen sexado nos dois primeiros serviços. As vacas são liberadas para o primeiro serviço aos 47 dias pós-parto. Atualmente se gasta de 2-3 serviços/prenhez, e o primeiro parto se dá aos 22-23 meses de idade. O intervalo médio entre partos é 12-13 meses com um período de descanso (vaca seca) entre 40-50 dias.O melhoramento genético é direcionado pelo índice FeedPro e acasalado pelo SMS, com utilização de 100% Select Sires.

PROPRIEDADE GASSEN FARM – VIRGIL, OHIO.

Início em 1974, com 13 vacas financiadas hoje com total de 1500 animais com 650 vacas em lactação em 800ha. São 650 vacas em três (3) ordenhas por dia com as seguintes médias 28.000 litros/leite. Média por vaca de 43 litros/dia, 800 gordura e 700 proteína, produzindo 55.000 libras de leite ao dia. Tem um total 1.500 animais, em 1.600 acres perto de 800 hectares.Sistema de criação de terneiras chama a atenção. Nascem em até 2 horas, recebem colostro, vão para as casinhas, ficam por 10 dias, depois vão para bezerreira coletiva, mamando no alimentador automático 11 litros, sendo fracionados por mamada de 2 litros e comendo ração peletizada.  O leite é pasteurizado, logo aquecido ou resfriado a temperatura ideal para ser fornecido no alimentador automático. Ficam na bezerreira coletiva por 7 semanas ( 63 dias). O avaliador da SSI, Ken James, conta que a propriedade tem ótimo rebanho equilibrado, bons úberes e sem problema de casco. O importante deste rebanho é que ele teve início em 1974 com somente 13 vacas. Atualmente, a propriedade tem Filhas de SHOT, muitas MILLION, GABOR, SHAMROCK, ALEXANDER, SANCHEZ e outros. No SMS há 8 anos, astá usando touros jovens como HALOGEN, CARSON RED, BOOKEM entre outros.

PROPRIEDADE UNIVERSIDADE DA FLÓRIDA – GAINSVILLE, FLÓRIDA.

Atualmente estão sendo ordenhadas 535 vacas com uma média de produção em 305 dias de aproximadamente 10.400Kg (22.900Lbs) de Leite, ou seja, 34,1 Kg/dia, em 2 ordenhas, sem a utilização de BST, com  contagem de célula somática inferior a 130.000. No dia, as vacas estavam produzindo 33,6Kg (74Lbs) de leite/dia com um total de 17.700Kg de leite. O rebanho está dividido em 227 vacas no grupo 1, 145 no grupo 2 e 160 no grupo 3, sendo separados pela produção e tempo de parição. A reprodução está com intervalo de partos médio em torno de 416 dias. Utiliza 100% I.A. e TE (Embrioterapia no verão). Atualmente não utiliza sêmen sexado e trabalha com 178 dias médio de lactação, 121 dias em aberto com 78 dias de período de espera voluntário. A idade média ao primeiro parto é de 23 meses. O rebanho produtivo fica estabulado 365 dias por ano em sistema Freestall. A ordenha é feita em uma sala duplo 12, computadorizada e gerenciada pelo programa da Affimilk. Vale ressaltar que o rebanho tem como finalidade principal o desenvolvimento de pesquisas, principalmente na área nutricional e conforto animal. Portanto o rebanho caracteriza por ser forte, mas não exigido na sua plenitude o potencial genético de produção.

PROPRIEDADE NORTH FLORIDA HOLSTEIN – GAINSVILLE, FLÓRIDA.

A North Florida Holstein possui 10.000 cabeças de gado holandês registradas na sua totalidade e 971,25ha de área própria e mais 202,34ha de área arrendada. A fazenda produz aproximadamente 50% da alimentação necessária, sendo o restante comprado de fazendas na região. A North Florida Holstein começou em 1980. Em setembro de 1980, iniciaram com 125 vacas. A capacidade da ordenha espinha de peixe duplo 10 foi alcançada em 1985 com aproximadamente de 1000 vacas. Nesta época, uma ordenha espinha de peixe duplo 12 foi adicionada e se passou a fazer 3 ordenhas diárias. Em 1990, a capacidade da ordenha espinha de peixe duplo 12 foi alcançada e se adicionou uma ordenha paralela duplo 40. Mais de 3000 vacas são ordenhadas na duplo 40 e a ordenha duplo 12 tornou-se auxiliar para facilitar o trabalho com animais doente, recém paridos ou em tratamento e também para auxiliar quando a capacidade da ordenha duplo 40 é ultrapassada. Atualmente 4200 vacas são ordenhadas 3 vezes ao dia apresentando produção média de 45L/vaca com CCS média de 130.000. No dia da visita da viagem técnica, apenas 6 vacas estavam sendo tratadas para Mastite. A média de lactações por vaca na propriedade é de 4,5. Cada vaca leva em média 7 minutos e meio para ser ordenha. O acasalamento genético é feito por Pedigree. Utiliza-se na fazenda 100% de touros genômicos, salvo em alguns casos onde se opta por grandes touros provados. A North Florida Holstein vende em média 120 touros por ano para Centrais de Inseminações e para outras fazendas. Na atualidade, estão utilizando maciçamente os touros MIDNIGHT e MAYFLOWER.  O foco é na seleção de touros para altas PTA’s em proteína e características de saúde. Utilizam para a IA de 20-25 touros por ano, sempre realizando as escolhas acompanhando cada prova lançada.

PROPRIEDADE MCARTHUR FARMS- OKEECHOBEE, FLÓRIDA.

A McArthur é uma empresa rural que iniciou suas atividades em 1929, com a aquisição de 20 vacas da raça Jersey e com investimento inicial de U$ 400,00. Atualmente é composto por 4 fazendas com um total de 8.000 vacas e rebanho total de 20.000 cabeças na sua imensa maioria composta por animais da raça Holandesa. Na propriedade são utilizados 2 tipos de criação, semi-intensivo (pastejo) e Free-stall. No sistema semi-intensivo os animais possuem média de produção de 31,75Kg/dia em 3 ordenhas. Já no sistema de Free-stall os animais são separados em 12 grupos e a media de produção por vaca é de 38,56Kg/dia em 3 ordenhas diárias. No inverno, todos os animais são ordenhados 2 vezes ao dia com exceção das vacas recém-paridas e de  alta produção. Na propriedade visitada, a média de produção por lactação é de 12247Kg de leite com 3% de Proteína e 3,5% de Gordura, tendo CCS média abaixo de 150.000. A produção total desta fazenda é aproximadamente 81.650Kg de leite por dia com 2100 vacas em lactação. Nesta propriedade, 100% dos animais são acasalados por SMS – Select Mating Service e inseminados priorizando produção de leite e longevidade. As novilhas são inseminadas com sêmen sexado. Nas inseminações somente os touros genômicos são utilizados e no momento estão usando: SUPERSIRE, TABLE, MORGAN, ZEUS e HULK. A fazenda vende em média 500 novilhas por ano ao preço de U$ 2100,00 cada.

PROPRIEDADE LARSON GROUP FARMS - OKEECHOBEE, FLÓRIDA.

Propriedade da família Larson, foi construída em 1958 e depois remodelada em 1997.  O rebanho é constituído por animais de leite e corte, com mais de 12.000 cabeças. A área trabalhada na propriedade é de 4500ha, com sistema de pastoreio modificado. O rebanho é constituído por 12000 animais em lactação (800 Pardo Suíço, 400 cruza Hol e Jer) e 3000 vacas de corte em 3 locais, na propriedade onde estivemos no sistema é de pastejo modificado (Sistema GrassyModern), 1200 vacas em lactação rebanho geral constituído por Pardo – Suíço (Maior rebanho Americano de Pardo-Suíço registrado), Holandês, Jersey e animais cruzados entre as 3 raças. Média de 30 Kg de leite vaca/dia, 3,7% de gordura, 3,3% proteína e ccs 280000.

PROPRIEDADE RUCKS FARMS - OKEECHOBEE, FLÓRIDA.

Propriedade familiar de Tomy Rucks e gerente Kevin, formada por três leiterias com 4000 vacas em lactação onde 95% dos animais são da raça Jersey e os demais Holandeses. Apresenta 1300 vacas em ordenha 2 vezes ao dia, com produção de 28Kg de leite por vaca com 4,4% de gordura e CCS 220000. Média por lactação das vacas Jersey é de 10000 litros e das Holandesas 12000 litros. A propriedade seleciona animais para úbere e usam 100% de genética Select Sires. Touros Jersey utilizados: Oliver – P, Riley, Tbone, Eclipes e Prescott. E Touros Holandês utilizados Gabor, Moseby, Dinner, Big Shot, May Flower e Mc Gyver.