A Select Sires foi destaque novamente nas provas genéticas de 2016. Entre os touros TOP 25 provados para TPI, 18 são da bateria SELECT SIRES. Já nos top 10, oito são genética Select Sires, ou seja, 80% dos touros TOP da raça são origem Select Sires do Brasil. O touro 7H12165 MONTROSS assume a liderança do Ranking para TPI, tornando-se o mais completo da raça. Com mais de 200 filhas com produção controlada e 70 classificadas para TIPO, 7H12165 MONTROSS apresenta PTA de + 2.964 para Leite e +2.36 para Tipo. (Imagem 1 e 2)

 

7H11351  SUPERSIRE  segue Montross como o número dois da raça. Outro destaque é o 7H12198 KINGBOY,que graduou em dezembro com quase 90 filhas e já se posiciona dentro do top10 (Imagem 3). KINGBOY foi muito utilizado no Brasil pelos produtores elite e agora confirma a lucratividade de sua genética.

 

Outro aspecto importante é a análise do ranking  das TOP 1000 fêmeas testadas para GTPI até o mês de dezembro. Esse ranking  apresenta  as mães dos touros da próxima geração e  78% são oriundas diretamente da genética SELECT SIRES, o que  representa que as melhores  fêmeas  dra  e consequentemente  das propriedades, são filhas da genética SS. Segundo Felipe Escobar, Gerente de Produto da SS, não há dúvidas que a genética Select Sires faz diferença dentro da propriedade. Além desta dominância nas provas, quando um produtor deseja vender uma novilha e afirma que ela está prenha de genética Select Sires, agrega valor ao produto: “grande parte dos touros de amanhã serão filhos de touros da SS e a maioria das mães desses touros são filhas da nossa genética. Dessa forma, a genética SS esta escrevendo o futuro da raça holandesa”, finaliza Felipe.